Fish

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Dia Da Pátria

Dia Da Pátria

Autor: João do Rozario Lima
INDEPENDÊNCIA


Ama com fé e orgulho,
O lugar em que nasceste.
Não existe lugar tão lindo,
Na terra como era esse.

Matas vivas e céu tão límpido,
Águas limpas que esplendor.
As paisagens e os animais,
Eram livres e sem pavor.

Homens livres e independentes,
Começaram a aparecerem.
Ocuparam toda a floresta,
Querendo enriquecerem.

Derrubaram toas às matas,
Começaram a queimá-la.
Destruindo as paisagens,
E a fauna desse lugar.

Olhai para o céu, rios e paisagens,
Pobres famintos miseráveis.
Os ricos ainda mais ricos,
A injustiça aumenta mais.

Quantos morrem de fome,
Sem mesmo saber por quê.
Sem terras são fuzilados,
Tentando sobreviverem.


Independência é coisa séria,
Difícil de entender.
Não sei se somos libertos,
Se poucos podem viverem.


Independência é ser livre,
Crianças alegres, sorrirem e correrem.
Alimentadas e educadas,
Ter direito de viver.

Autor: e Escritor.  João do Rozario Lima
E-mail. Joanzinhorosario31@hotmail.com
http://www.artigonal.com/poesia-artigos/dia-da-patria-457276.html
Perfil do Autor
João do Rozario Lima. Filho de Athaydes Martins de Lima e Zita do Rozario Lima. Nasceu e São Gabriel da Palha no Estado do Espirito Santo. Graduado em Pedagogia e Pós Graduado em Psicopedagogia Clinica e Institucional. Atua como Professor das Séries Iniciais no Municipio de Seringueiras no Estado de Rondonia. telefone 069 3623 3196.

Nenhum comentário:

Postar um comentário